Classificação Lipper vs. Morningstar: Qual é a diferença?

0
438

Classificação Lipper vs. Morningstar: Uma Visão Geral
A maioria dos investidores não é especialista em análise de fundos mútuos. Eles provavelmente não sabem o que é uma proporção de Sharpe ou por que um provedor cobra 175 pontos base pelo Fundo XYZ e outro cobra apenas 25 pelo Fundo ABC. A maioria dos investidores não é treinada em análise fundamental e não sabe ler um gráfico de ações de velas. A maioria dos investidores está apenas procurando um lugar relativamente seguro para economizar dinheiro e espera obter um retorno decente ao longo do caminho, e é por isso que empresas de classificação como Morningstar, Inc. (NASDAQ: MORN) e Lipper, Inc. são tão importantes.

Morningstar e Lipper são dois dos nomes mais importantes do mundo dos fundos de investimento. Essas empresas avaliam fundos, destacam dados críticos e atribuem uma classificação simples e fácil de comparar a cada uma delas. As empresas de fundos de investimento se preocupam com as classificações Morningstar e Lipper, porque sabem que muitos investidores e consultores financeiros confiam neles para tomar decisões de investimento.

A métrica de avaliação mais popular da Morningstar é sua escala de cinco estrelas. O Lipper usa cinco quintis ou categorias separados e classifica cada fundo em cinco medidas diferentes. Se for determinado que um fundo está entre os 20% melhores em um quintil específico, ele recebe o título de “Líder Lipper” para esse recurso.

As classificações da Morningstar e Lipper são amplamente publicadas, e muitas pessoas as aceitam como precisas. Uma abordagem melhor seria entender os pontos fortes e fracos de cada sistema de classificação.

Estrela da Manhã
A primeira Morningstar Rating foi introduzida em 1985. Ela se concentrava em algumas categorias amplas e era mais um recurso de acumulação de dados do que uma avaliação abrangente.

Todo o sistema foi revisado em 2002. Novas categorias de fundos foram incorporadas e grupos foram reduzidos para enfatizar outras diferenças além dos estilos de gestão. Incluiu novas métricas e quebrou o histórico de desempenho em diferentes períodos. Os fundos de ações foram segregados pela capitalização de mercado (o tamanho das ações no fundo) para impedir que os fundos de grande capitalização dominassem consistentemente os ratings.

Hoje, a Morningstar organiza fundos mútuos com base nos tipos de investimentos em uma carteira de fundos, na região onde são feitos investimentos e na estratégia geral de gerenciamento. As classificações da Morningstar são baseadas na distribuição da curva de sino: 10% recebem uma classificação de 5 estrelas, 22,5% recebem uma classificação de 4 estrelas, 35% recebem uma classificação de 3 estrelas, 22,5% recebem uma classificação de 2 estrelas e 10% recebem uma classificação de 1 estrela. Morningstar atualiza seu ranking mensalmente.

Lipper
O Lipper classifica os fundos mútuos de acordo com cinco conjuntos de critérios: consistência do retorno, preservação do capital, índices de despesas, retorno total e eficiência tributária. Lipper lista todos os cinco ratings de qualquer fundo mútuo e permite que os investidores decidam qual é o mais importante para eles.

Cada categoria recebe uma classificação em uma escala de um a cinco. Por exemplo, um fundo mútuo pode ser classificado com dois quando se trata de consistência de retorno e cinco com eficiência tributária. No sistema Lipper, números menores são considerados melhores; um fundo mútuo preferiria ser três que quatro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here